12/10/2006

Tentativas

Caso estejam a pensar que é mais uma de muitas tentativas, a verdade é que é apenas a 4ª.
E como foram as outras, perguntam vocês.
E eu respondo:
- A 1ª, há 10 anos atrás, durou uma semana (se não me engano) mas uma separação fez com que tudo fosse por água abaixo (será que a separação foi causada por isso?). Normalmente, nem a considero uma tentativa de deixar de fumar, foi mais um interregno.
- A 2ª, há 3 anos atrás, durou 3 meses e foi a verdadeira tentativa. Teve direito a oferta ao pai de todos os cigarros e isqueiros que existiam por casa (com ele a dizer: olha que eu fumo-os, não me venhas pedi-los de volta). Não me custou muito e só não durou mais, porque eu fui burra e quis experimentar se gostava ainda do sabor. Quando dei por mim, já estava a fumar outra vez.
- A 3ª, há um ano e quase meio, durou uns 15 dias e teve que ser abortada pelo facto de eu andar insuportável e já ninguém me conseguir aturar (inclusivé eu própria).

A ver vamos se à 4ª é de vez.

3 comentários:

Sílvia disse...

Bemvinda...às tentativas falhadas...espero que para ti essa seja de vez...cá do meu lado nem tenho vontade de tentar com medo, muito medo..diz-me, tomas alguma coisa em substituição???Bjs e Forças

Carlota disse...

Não estou a tomar nada ;) Estou mesmo cheia de coragem :) Mas o meu problema é mesmo o vício de estar de cigarro na mão e não tanto a nicotina...
Bjs e obrigada

Astro disse...

Dizes tu! :p